15.11.2021

Educação e arte transformam pessoas

Falar que a arte transforma vidas é quase um chavão. Mas é verdade. A multiartista Érica Lima acredita na educação e na arte como processos de transformação das pessoas. Segundo ela, mais do que o resultado, o que é interessante é o processo da arte, que transforma o sujeito.

Interessada e pesquisadora da literatura para as infâncias, Érica aborda o tema por diversos pontos de vista e, um deles, é o da infância como linguagem. “Essa potência da fala que o artista busca, que o poeta busca e que o compositor de música está em contato é o que a criança tem em relação à linguagem – uma experiência. A criança já é poeta e filósofa, ela tem uma relação com a língua que o adulto vai perdendo.”

Para Érica, a infância é a potência de fala, e a linguagem é a experiência de ser humano. Segundo ela, professores podem aprender muito com as crianças se estiverem abertos e sensíveis ao que acontece com elas quando expostas à literatura, à arte, ao teatro, quando criam. É uma oportunidade de se reconectar com a experiência de linguagem que a infância é, de se maravilhar com tudo.

Se você gostou das ideias da Érica Lima, vai se encantar com a conversa para o MudaMundo TamoJunto. Confira  aqui.

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS: