09.05.2022
Cidadania

Educação é amor e envolvimento

Ainda vamos levar um tempo para mensurar os efeitos da pandemia nas crianças e, também, nos professores. Para além dos conteúdos que não foram vistos durante os dois anos em que não frequentaram a escola, as crianças e os professores retornam com perdas, ansiedade e com muitas dificuldades.

A professora de Porto Alegre (RS), Elione da Silva Moraes, relata que o professor está sendo provocado a buscar diferentes estratégias para captar a atenção das crianças e atender às diversas necessidades. “Tenho duas turmas de 5° ano e tenho crianças que ainda não leem, e outras com outras dificuldades”, relata com preocupação.

Além dos desafios da retomada das aulas presenciais, Elione compartilha a emoção de ser professor e a superação de suas vulnerabilidades durante a pandemia. “Foi o pior período da minha vida, mas eu me reinventei”, confessa com orgulho.

Para saber mais da trajetória da professora e da emoção que a mobiliza todos os dias na sala de aula, acompanhe a conversa completa, aqui.

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS: