Uma força para o professor

Assim como os professores, passados quase seis meses de 2021, nós seguimos nos reinventando. Um projeto que nasceu há mais de 15 anos, com o propósito de colaborar com os educadores no resgate de valores, se retroalimenta de esperança e resiliência, inspirado no seu público-alvo.

São os exemplos colhidos em diversos lugares do país, a partir das entrevistas do MudaMundo TamoJunto, que nos nutrem para seguir e, pacientemente, aguardar o momento oportuno de estar presencialmente com professores e alunos.

Apesar da saudade e do desejo de compartilhar sorrisos e abraços nas oficinas para educadores e nas apresentações teatrais para os pequenos, enquanto não for seguro para todos, seguiremos com ações virtuais e com nossa presença digital.

Publicadas semanalmente nas redes sociais do MudaMundo (Facebook, Instagram e Youtube), as entrevistas com educadores brasileiros têm inspirado colegas a refletir sobre temas relevantes, compartilhar práticas inovadoras e, principalmente, a tecer e ampliar a rede daqueles que acreditam na educação como caminho para mudar o mundo. Nesses seis primeiros meses de 2021, foram 23 conversas publicadas, totalizando 48 já realizadas desde julho do ano passado.

Por meio do whatsapp, representantes das secretarias de educação dos 21 municípios, pelos quais o MudaMundo vai realizar as atividades presenciais, compartilham o conteúdo com seus professores. Sim, são 21! Além dos 10 previstos para 2020, acrescentamos mais 11 para 2021, graças ao apoio e à confiança de nossos patrocinadores e à Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Desde o ano passado, Mandaguaçu, Araruna, Palotina, Assis Chateaubriand, Anahy, Marechal Cândido Rondon e Ouro Verde do Oeste, no oeste do Paraná, estão em contato semanal com a equipe do projeto e já receberam os livros com as aventuras do menino João que quer mudar o mundo. Nessa região, nosso patrocinador é New Holland Agriculture e Banco CNH Industrial.

Erika Michalick, gerente de Sustentabilidade da CNH Industrial para a América do Sul, destaca a prioridade que a empresa dá para o apoio a projetos que promovam a melhoria educacional em todas as instâncias. “Acreditamos que é por meio de uma educação de qualidade, seja ela técnica ou formativa, que novas tecnologias e comportamentos de produção e consumo mais equilibrados serão gerados. Dessa forma, a empresa apoia projetos educacionais como o MudaMundo, que fortalecem metodologias complementares socioemocionais como ferramentas aos professores de escolas públicas.”

Também do Paraná, estão os municípios patrocinados pela Arauco. Além de Sengés, previsto para o ano passado, a empresa reforçou a confiança no MudaMundo e investiu para que os municípios de Campo do Tenente, Piên, Jaguariaíva e Imbaú também recebam as ações do projeto em 2021.

Com foco socioambiental, a empresa aposta em projetos sociais alinhados com seu valor Bom Cidadão – Respeitamos o nosso meio e criamos valores. “Desenvolvemos projetos sociais com uma visão de longo prazo utilizando recursos próprios e apoiamos projetos culturais por meio de incentivos fiscais, buscando o bem-estar social e o respeito às comunidades e ao meio ambiente onde atuamos”, afirma Maria Harumi Yoshioka, gerente de Responsabilidade Socioambiental da empresa.

Já a Lojas Quero-Quero escolheu Lages, em Santa Catarina, como município que receberá o projeto neste ano. Será a primeira vez em que a empresa patrocina a iniciativa fora do RS. Em 2020, a cidade contemplada foi a gaúcha Santa Maria.

Para a Lojas Quero-Quero — uma empresa que valoriza o relacionamento com as pessoas, buscando sempre proporcionar uma vida melhor àqueles que fazem parte do dia a dia da rede —, a parceria com a MudaMundo, que integra e capacita alunos e professores da rede pública por meio de ações socioeducacionais, representa mais um importante passo para a consolidação do propósito da organização: levar desenvolvimento humano e social às comunidades nas quais está inserida.

Outra marca muito potente do Rio Grande do Sul e que também renovou a parceria com o MudaMundo é a Alibem. Além de Santo Ângelo, município escolhido no ano passado, em 2021, foram acrescidas ações para Santa Rosa e Porto Alegre. Para a empresa, é importante contribuir com as comunidades onde está presente.

“A Alibem acredita que a educação e a cidadania são fatores essenciais para a formação do indivíduo. Ao apoiar este projeto, está contribuindo com o resgate de valores em sala de aula, valorizando também o trabalho do professor. A Alibem tem o prazer de fazer parte desta iniciativa que vem ajudando a alavancar a transformação social nas comunidades onde atua.”

Apesar dos desafios impostos pela pandemia e das ações presenciais suspensas, o MudaMundo, além de renovar patrocinadores, como Quero-Quero, Alibem e Arauco, conquistou novos parceiros. E isso é motivo de celebração!

Estreando como patrocinadores do projeto, contamos com a FCC, que vai oportunizar que os municípios de Campo Bom (RS) e Conceição do Jacuípe (BA) envolvam seus alunos e professores para mudar o mundo, e com a Randon, que vai viabilizá-lo em Caxias do Sul (RS).

“Na FCC, estamos comprometidos em criar impacto social positivo, seja diretamente por meio dos nossos negócios e produtos, ou através de ações que desenvolvam as comunidades em que estamos inseridos. Acreditamos que a educação tem o poder de impactar e transformar vidas, sendo um importante catalisador do desenvolvimento sustentável. Por isso, priorizamos o apoio e condução de ações que visam fortalecer a importância das escolas na formação dos jovens, como o MudaMundo”, enfatiza Marcelo Reichert, CEO da FCC.

As Empresas Randon têm como um de seus focos de investimento social a contribuição para a formação cidadã de crianças e adolescentes. “Dessa forma, o patrocínio ao MudaMundo está alinhado ao que acreditamos, pois o projeto estimula o olhar para as relações humanas com respeito às diferenças”, afirma Jeanine Pacholski, coordenadora de Responsabilidade Social.

E como se não fosse o bastante, comemoramos o retorno das Empresas InBetta, marca da qual somos parceiros há mais de 10 anos. Com muita alegria, voltaremos ao município de Esteio (RS).

A responsabilidade social está presente na cultura da InBetta desde a sua fundação e a preocupação com a educação também. “Acreditamos que a educação, o ensinar e o aprender são as formas mais genuínas de transformação social positiva. Quando pensamos em apoiar projetos de impacto social, o MudaMundo se destacou pelo potencial para transformar a vida das pessoas de uma forma muita próxima das comunidades e por perceber as necessidades de alunos e professores em um período fundamental para a sua formação escolar e cidadã”, afirma Rosane Bettanin Gatti, coordenadora do Comitê de Ações Sociais da InBetta.

Além de compartilhar as entrevistas do MudaMundo TamoJunto com os professores, como forma de estreitar o relacionamento com aqueles que nos aguardam presencialmente, apresentamos as ações do projeto virtualmente para diretores, coordenadores e professores. Esses encontros seguem e são customizados a partir das necessidades e interesses dos municípios.

Não vemos a hora de estarmos presencialmente em todos esses lugares e estamos sempre buscando formas de estarmos perto, mesmo distantes. Cientes da nossa responsabilidade, aguardamos com paciência o momento seguro para isso acontecer.

Enquanto isso, seguimos com o nosso público-alvo, professores, exercitando a criatividade, a resiliência e, sobretudo, a colaboração. Afinal, nunca foi tão claro que juntos somos mais fortes, não é mesmo?

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS: